Image saying words
Glossário

Glossário

Preparamos um glossário para o curso que contém uma lista dos principais termos relacionados ao uso racional de antimicrobianos. Você também pode baixá-lo como um PDF no link para download na parte inferior desta página, bem como uma lista de acrônimos.

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

A

Ácido Desoxirribonucleico (DNA)

Uma molécula complexa que serve como material genético responsável pela hereditariedade, inclusive a transferência de características para as gerações subsequentes. É fundamental e crítico para a maior parte da vida na Terra (as exceções incluem alguns vírus

Ácido Fusídico

Antimicrobiano usado contra estafilococos.

Ágar

Meio de cultura gelatinoso derivado de algas marinhas, que é usado para cultivar bactérias em laboratórios.

Ambulatório

Um paciente que visita um centro de saúde para diagnóstico ou tratamento sem passar a noite. Às vezes, chamado de hospital dia.

Aminoglicosídeos

Uma classe de antibióticos, principalmente ativos contra bactérias Gram-negativas.

Amoxacilina-Clavulanato

Um antibiótico contendo uma combinação de amoxicilina, um antibiótico beta-lactâmico e ácido clavulânico, um inibidor da enzima beta-lactamase.

AMR

Resistência Antimicrobiana

Antibiograma

O resultado de testes de laboratório para a sensibilidade de uma cepa bacteriana isolada a diferentes antibióticos. Antibiogramas podem ser comparados para formar antibiogramas cumulativos, que podem ajudar a formar diretrizes de prescrição em nível hospitalar, regional ou nacional.

Antibiótico

Uma substância química - estritamente produzida por um microrganismo que mata ou inibe o crescimento de bactérias em concentrações muito baixas. O termo é frequentemente usado de forma intercambiável com antibacterianos e antimicrobianos.

Antibióticos concentração dependentes

Os antibióticos cuja resposta de morte depende da concentração máxima alcançada no local da infecção.

Antibióticos tempo dependentes

Aquelas classes de antibióticos cuja resposta de morte é dependente da quantidade de tempo que sua concentração excede a CIM para o microrganismo.

Antimicrobiano

Uma substância química que mata ou inibe o crescimento de microrganismos, como bactérias, vírus ou fungos. (Veja também: antibiótico, que é uma classe de antimicrobianos).

Antimicrobianos de amplo espectro

Antimicrobianos que possuem atividade contra vários microrganismos abrigando diferentes mecanismos de resistência. Esses antimicrobianos devem preferencialmente ser usados ​​empiricamente no cenário de pacientes com infecções graves ou quando houver resistência antimicrobiana.

Área sob a curva (AUC)

A área abaixo da curva (matematicamente conhecida como integral definida) concentração de uma droga no plasma versus o tempo (Wikipedia).

AUC / MIC

Um índice de PK / PD que divide a área sob a curva de concentração-tempo ao longo de 24h pelo MIC.


back to top


B

Bacteremia

Uma infecção bacteriana no sangue ou no sistema linfático.

Bacteriologia

O estudo de bactérias.

Beta-lactamase

Família de enzimas produzidas por bactérias que destroem antibióticos beta-lactâmicos.

Biomarcador

Testes que podem ser usados ​​para acompanhar processos corporais e doenças em humanos e animais. Eles podem ser usados ​​para prever como um paciente responderá a um medicamento ou se eles têm ou provavelmente desenvolverão uma determinada doença.

Bundle

Um conjunto de práticas baseadas em evidências que demonstraram melhorar os resultados quando realizadas coletiva e consistentemente. O conceito foi desenvolvido pelo Institute for Healthcare Improvement nos Estados Unidos para melhorar o processo de atendimento e os resultados dos pacientes.


back to top


C

Cateter

Um tubo fino, flexível e oco usado para adicionar ou remover fluidos do corpo.

Cepa

Uma estirpe ou cepa é uma variante genética ou subtipo de um microrganismo (por exemplo, um vírus, bactéria ou fungo). Algumas cepas podem ser mais perigosas ou difíceis de tratar do que outras.

CIM (Concentração Inibitória Mínima)

Medida numérica (expressa em mg / L ou ug / ml) da atividade de um antibiótico específico contra um determinado isolado bacteriano. É determinado em laboratório e usado em conjunto com pontos de corte para decidir se o isolado bacteriano é suscetível ou resistente a esse antibiótico. Internacionalmente, usa-se a sigla MIC.

Clostridium difficile

Uma bactéria Gram-positiva responsável pelo que pode ser uma forma grave de diarreia associada a antibióticos.

Cmax

Nível sérico máximo (antibiótico) ou concentração sérica máxima atingida.

Código genético

O conjunto de regras pelas quais a informação em um pedaço de DNA é traduzida em uma proteína específica.

Colonização

Um processo no qual um organismo (como uma bactéria) cresce dentro de alguém sem causar doença.

Coloração de Gram

Também conhecido como Técnica de Gram, é um método de diferenciação de espécies bacterianas em dois grandes grupos (Gram-positivos e Gram-negativos). O nome vem do bacteriologista dinamarquês Hans Christian Gram, que desenvolveu a técnica. A coloração de Gram diferencia as bactérias pelas propriedades químicas e físicas de suas paredes celulares, detectando peptidoglicano, que está presente em uma camada espessa de bactérias Gram-positivas. Em um teste de Coloração de Gram, as bactérias Gram-positivas retêm o corante cristal violeta, enquanto um contracorante (geralmente safranina ou fucsina) adicionada após a violeta cristalina dá a todas as bactérias Gram-negativas

Concentração Bactericida Mínima (CBM)

Concentração bactericida mínima é a menor concentração de antibiótico que mata uma cepa bacteriana.

Controle

Um padrão contra o qual outras condições podem ser comparadas em um experimento científico. Por exemplo, se um experimento testou os efeitos de um novo antimicrobiano, os resultados podem ser comparados com um grupo de controle de pessoas que receberam antimicrobianos padrão.

Controle de infecção ou medidas de controle de infecção

Medidas que visam evitar a propagação de patógenos entre pessoas em um ambiente de saúde. Exemplos de medidas de controle de infecção incluem lavagem de mãos, roupas de proteção, procedimentos de isolamento e auditorias de conformidade com medidas de higiene.

CPO

CPO refere-se a bactérias como Klebsiella, Escherichia coli (E. coli), Acinetobacter e Pseudomonas, que são encontradas em intestinos humanos normais. Em algumas partes do mundo, esse grupo de bactérias adquiriu genes que as tornam resistentes a um tipo amplo de antibióticos, incluindo aqueles conhecidos como antibióticos carbapenêmicos.

Cultura de sangue

É uma cultura microbiológica do sangue, que geralmente é um ambiente estéril. É empregada para detectar infecções que estão se espalhando pela corrente sanguínea, principalmente em pacientes com sepse.

Cultura de urina

Uma cultura de urina é um teste para encontrar e identificar germes (geralmente bactérias) que podem estar causando uma infecção do trato urinário (ITU). Para evitar contaminação da amostra, o processo de coleta de urina deve ser cuidadosamente seguido.


back to top - - -

D

Dados

Dados são as informações coletadas por meio de pesquisa ou auditoria. Eles podem incluir informações escritas, números, sons e imagens.

Dias de cama ocupados (OBDs)

Número total de dias de leito de todos os pacientes internados acomodados durante o período do relatório, retirado de uma contagem do número de pacientes internados por volta da meia-noite todos os dias. Detalhes para Os pacientes que estão sendo admitidos e partem no mesmo dia também são registrados como OBDs, contando um OBD para cada paciente no mesmo dia. Nos Estados Unidos, os OBDs são referidos como “dias do paciente”.

Disco-difusão

É um teste laboratorial amplamente utilizado para medir a atividade de um antibiótico específico contra um determinado isolado bacteriano. É usado em conjunto com o ponto de corte para determinar se o isolado bacteriano é suscetível ou resistente a esse antibiótico.

DNA

O ácido desoxirribonucleico é a molécula que contém as instruções genéticas para o funcionamento e reprodução de todos os organismos vivos.

DNA cromossômico

DNA contido no cromossomo - o DNA responsável pela reprodução do organismo.

Dose Diária Definida (DDD)

A DDD é a dose média de manutenção presumida por dia para um medicamento usado para sua principal indicação em adultos.


back to top - - -

E

Enterobacteriaceae

Uma grande família de bactérias Gram-negativas que são a causa comum de infecções em humanos.

Enterococos

Espécie Gram-positiva intrinsecamente resistente a muitos grupos de antibióticos.

EPC

Enterobactérias Produtoras de Carbapenemases.

ESBL

As Beta-Lactamases de Espectro Estendido consistem de enzimas que conferem resistência à maioria dos antibióticos beta-lactâmicos, incluindo penicilinas, cefalosporinas e o aztreonam.

Escherichia coli (E. coli)

Espécie bacteriana Gram-negativa responsável por tipos diferentes de infecções em humanos.

Estafilococos coagulase-negativos (ECN)

Membros do gênero Gram-positivo Staphylococcus que não produzem a enzima coagulase. Geralmente, são menos patogênicos que o Staphylococcus aureus, mas podem causar infecções graves, particularmente na presença de materiais estranhos ou protéticos.

Eucariotos

Células com um núcleo ligado à membrana - mais avançadas que as bactérias.

Epidemiologia

É o estudo de fatores que afetam a doença na comunidade humana. Frequentemente usada no controle de problemas de saúde, como as IRAS - Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde, ou seja, infecções adquiridas como resultado direto ou indireto de cuidados de saúde.

Epidemiologia Molecular

A caracterização laboratorial de bactérias e os elementos genéticos responsáveis ​​por qualquer resistência aos antibióticos. Pode ser usado para investigar a transmissão de bactérias ou resistência em ambientes de saúde

Espectro

A gama de organismos contra os quais um antimicrobiano tem uma ação efetiva.


back to top - - -

F

Farmacodinâmica (PD)

É o estudo dos efeitos bioquímicos e fisiológicos de drogas no corpo ou em microrganismos ou parasitas dentro ou no corpo e os mecanismos de ação da droga.

Farmacocinética (PK)

As interações características entre uma droga e o corpo em termos de absorção, distribuição, metabolismo e excreção ”(Merriam-Webster).


back to top - - -

G

Gene

Uma peça ou unidade de DNA que codifica para uma proteína específica.

Gonorreia

Infecção sexualmente transmissível causada pela bactéria Gram-negativa Neisseria gonorrhoeae.

Gram-negativo

Bactérias com apenas uma fina camada de peptidoglicano em sua parede celular, tornando-as incapazes de reter o corante violeta de cristal usada em laboratórios.

Gram-positivo

Bactérias com uma espessa camada de peptidoglicano na sua parede celular, que pode reter o corante violeta de cristal usada em laboratórios.


back to top


H

hVISA

S. aureus com resistência heterogênea a uma cepa de S.aureus que possui células que não são totalmente sensíveis à vancomicina.


back to top


I

ID

Doença Infecciosa.

Imunocomprometido

Ter um sistema imunológico que foi prejudicado por doença ou tratamento.

Infecção

Invasão e reprodução de organismos patogênicos (causadores de doenças) no interior do corpo. Isso pode causar lesões nos tecidos e progredir para doenças.

Infecção de corrente sanguínea

A presença de patógenos vivos no sangue, causando uma infecção. (Veja também: patógeno, infecção).

Infecção do sítio cirúrgico

Uma infecção no local de uma operação cirúrgica e/ou causada pela operação#Infecção do sítio cirúrgico

Infecção do trato urinário

Infecção da bexiga, ureteres ou rins.

IInfecção nosocomial

Uma infecção adquirida no hospital.

Intravenoso

Dentro de uma veia, por exemplo, um cateter intravenoso seria um cateter que é inserido em uma veia.

In vitro

Um evento ocorrendo em um tubo de ensaio, placa de cultura ou em outro lugar fora de um organismo vivo.

Isoniazida

Um antibiótico usado para tratar a tuberculose.

Isolado bacteriano

A separação de cepas bacterianas mistas em cepas simples para identificação.


back to top


J

Janela terapêutica

O intervalo de concentrações em que um antibiótico é eficaz, mas não é tóxico.


back to top


K

Klebsiella pneumoniae

Espécie bacteriana Gram-negativa responsável por infecções em humanos.


back to top


L

Lipopeptídeos

Um grupo de antibióticos com atividade contra bactérias Gram-positivas.


back to top


M

MALDI-TOF MS

Ionização/Dessorção de Matriz Assistida por Laser É uma técnica de ionização usada em espectrometria de massa, permitindo a análise de biomoléculas (biopolímeros, proteínas, péptidos e açúcares) e grandes moléculas orgânicas (tais como polímeros e outras macromoléculas), que tendem a ser frágeis, além de fragmento quando ionizado por métodos de ionização mais convencionais. É utilizado em microbiologia para identificação de microrganismos (bactérias e fungos).

MDT

Equipe multidisciplinar.

Melhoria da qualidade

Uma abordagem formal para a análise de desempenho e esforços sistemáticos para melhorá-lo.

Meticilina

Antibiótico, não mais usado, desenvolvido para tratar cepas produtoras de beta-lactamase de S. aureus.

Modelo para Melhoria

Desenvolvido pela Associated in Process Improvement, do trabalho de Clarence Lewis, Walter Shewhart e W Edwards Demming. O Modelo de Melhoria combina os ciclos do plano de estudo com três perguntas: O que estamos tentando realizar? Como saberemos que a mudança é uma melhoria? Que mudanças podemos fazer que irão resultar em melhoria? O Modelo de Melhoria foi adotado pelo Inistitute for Healthcare Improvement (IHI) há mais de 40 anos.

Monitoramento de drogas terapêuticas

Medição da concentração de antibiótico no corpo - geralmente a concentração no sangue.

Morbidade Febril

Qualquer complicação infecciosa após a cirurgia.

Morbidade

O estado de estar doente ou ferido. (“Taxa de morbidade” descreve a ocorrência de uma doença ou condição que causa morbidade).

Mortalidade

Morte, frequência ou o número de mortes. Por exemplo: as infecções são uma das principais causas de mortalidade em todo o mundo e a taxa de mortalidade deste tipo de infecção é de 30%.

MRSA

Staphylococcus aureus resistente à meticilina; cepas de S. aureus que são resistentes à meticilina e, portanto, também resistentes a quase todos os outros antibióticos beta-lactâmicos.

Mutante

Um organismo com um caráter genético diferente devido a uma mudança em seu DNA.

Mutação

Uma mudança no código genético de um organismo.

MTB

Mycobacteria tuberculosis.


back to top


N

Neoplasias hematológicas

Câncer no sangue ou sistema imune, como leucemia, linfoma ou mieloma.


back to top


O

Otite Média Aguda (OMA)

Uma inflamação aguda do ouvido médio.


back to top


P

Paciente internado

Um paciente que visita um centro de saúde para diagnóstico ou tratamento e permanece no hospital por pelo menos uma noite.

Parede celular

O revestimento exterior de uma célula bacteriana.

Parenteral

Obtenção de uma droga ou substância no corpo por injeção.

Patógeno

Um agente causador de doenças. O termo é frequentemente usado para se referir a microrganismos infecciosos, como bactérias, vírus ou fungos.

PCR

Significa reação em cadeia de polimerase. É uma tecnologia em biologia molecular usada para amplificar uma única cópia ou algumas cópias de um pedaço de DNA em várias ordens de grandeza, gerando milhares a milhões de cópias de uma sequência específica de DNA. É utilizado em microbiologia para identificar a presença de DNA ou RNA bacteriano, fúngico ou viral em amostras clínicas.

PDSA

O Plan Do Study Act é um formato para estruturar e relatar os resultados de testes de mudança. Vários pequenos testes de mudança são relatados como ciclos de PDSA. Os ciclos do PDSA fazem parte do Modelo para Melhoria.

Pesquisa de Prevalência Pontual (PPS)

Uma pesquisa de prevalência é uma contagem do número de pacientes com uma condição / tratamento em particular em um momento específico.

PK / PD

Relação entre concentração e efeito da droga.

Placa de Petri

Um vidro cilíndrico raso ou uma placa com tampas de plástico que os microbiologistas usam para cultivar microrganismos.

Plasmídeos

Pedaços circulares de DNA altamente variáveis ​​em tamanho e propriedades, que podem carregar as instruções genéticas para tornar as bactérias resistentes aos antibióticos. Plasmídeos podem ser transferidos entre as bactérias, ajudando assim a propagação da resistência.

Pneumonia associada à ventilação mecânica

Uma pneumonia ocorrendo em um paciente dentro de 48 horas ou mais após a intubação (inserção de um tubo para respiração, através da boca ou através de uma traqueostomia, na via aérea) que não estava presente antes.

Pontos de corte

Critérios de limiar acordados e usados ​​para interpretar MICs ou tamanhos de zona de difusão de disco para definir se um isolado bacteriano é suscetível ou resistente a um antibiótico em particular, ajudando nas decisões clínicas e nos resultados prováveis ​​do tratamento.

Prescrição eletrônica (Computerised physician order entry – CPOE)

Qualquer sistema em que os médicos entram diretamente nos pedidos de medicamentos (e, cada vez mais, em testes e procedimentos) em um sistema informatizado, que então transmite a ordem diretamente à farmácia. Esses sistemas têm se tornado cada vez mais comuns no ambiente hospitalar como uma estratégia para reduzir os erros de medicação. Um sistema de CPOE, no mínimo, garante pedidos padronizados, legíveis e completos, e, portanto, tem o potencial de reduzir significativamente os erros nas etapas de pedido e transcrição. CPOE são, geralmente, emparelhados com o CDSS.

Procalcitonina

Um precursor do hormônio calcitonina foi proposto como um biomarcador para infecções bacterianas.

Profilático

Medicamentos ou tratamentos que são preventivos no tratamento de doenças. Por exemplo, antimicrobianos às vezes são administrados profilaticamente antes da cirurgia para prevenir a infecção.

Proteína C-reativa (PCR)

A PCR é uma proteína de fase aguda de origem hepática que é usada como biomarcador de infecção.

Profilaxia

Tratamento dado ou ação tomada para prevenir a infecção.


back to top


Q

Quinolonas

Uma família de antibióticos com amplo espectro de atividade.


back to top


R

Resistência

Uma propriedade de algumas bactérias que torna certos antibióticos ineficazes contra eles no laboratório ou quando são usados para tratar infecções. A resistência pode ser uma característica intrínseca, ou pode ser adquirida e selecionada pela exposição a antibióticos. A última categoria frequentemente tem maior importância para a saúde pública.

Resposta imune

Parte do mecanismo de proteção do corpo contra infecções.

Resposta inflamatória

A reação do corpo a muitas infecções, mediada pelo sistema imunológico.

Rifampicina

Um antibiótico de amplo espectro usado principalmente para tratar a tuberculose.


back to top


S

Sepse

Uma condição médica grave que é caracterizada por um estado inflamatório de todo o corpo (chamado síndrome de resposta inflamatória sistêmica ou SIRS) e a presença de uma infecção conhecida ou suspeita.

Sistemas de suporte à decisão clínica

Aplicações de computador projetadas para auxiliar os médicos na tomada de decisões diagnósticas e terapêuticas no atendimento ao paciente.

Staphylococcus aureus (S. aureus)

Uma bactéria Gram-positiva responsável por muitos tipos de infecções humanas, particularmente infecções da pele.

Streptococcus pneumoniae (S. pneumoniae, pneumococo)

Uma bactéria Gram-positiva que causa várias infecções humanas graves, particularmente infecções do pulmão, meninges, ouvido e seios da face.

Sulfametoxazol-Trimetoprim

Fármaco usado no tratamento de uma variedade de infeções bacterianas, fúngicas e por protozoários, que está composto por trimetoprim e sulfametoxazol, dois antibióticos que são terapeuticamente sinérgicos.

Superinfecção

Uma infecção que ocorre após ou além de uma infecção anterior.

Surto

Uma classificação usada em epidemiologia para descrever um grupo pequeno e localizado de pessoas infectadas com uma doença.


back to top


T

Time > MIC

A porcentagem cumulativa de tempo durante um período de 24 horas em que a concentração da droga excede a MIC.

Teste de sensibilidade aos antibióticos (AST)

Termo genérico para a medição em laboratório, obtido por métodos diferentes, dos níveis de suscetibilidade ou resistência mostrados por isolados bacterianos a antibióticos. Pode, por exemplo, envolver testes de difusão de disco ou determinação de MIC.

Tolerância

A capacidade de uma cepa bacteriana de não ser morta por um antibiótico em concentrações relativamente altas, embora possa ser inibida por concentrações muito menores.

Toxicidade

Envenenamento; efeitos colaterais produzidos por concentrações mais altas do que o corpo pode tolerar normalmente.

Toxinas

Venenos: produtos químicos que produzem doenças.

Tumores sólidos

Câncer em órgãos sólidos, como pulmão, mama, próstata, fígado, etc.


back to top


U


back to top


V

Vancomicina

Um antibiótico do grupo glicopeptídeo, com atividade quase exclusivamente contra bactérias Gram-positivas.

Vigilância

Vigilância da resistência antimicrobiana é o rastreamento de mudanças nas populações microbianas.

Vigilância de Doenças

Vigilância é uma prática epidemiológica pela qual a disseminação da doença é monitorada a fim de estabelecer padrões de progressão. O principal papel da vigilância de doenças é prever, observar e minimizar os danos causados ​​por situações de surto, epidemia e pandemia, bem como aumentar nosso conhecimento sobre quais fatores podem contribuir para tais circunstâncias.

VRSA

Staphylococcus aureus resistente à vancomicina.


back to top


W


back to top


X


back to top


Y


back to top


Z


back to top

Share this article:

This article is from the free online course:

Stewardship de Antimicrobianos: Gerenciamento da Resistência Antimicrobiana

University of Dundee