E quanto ao denominador?

Agora assista a este curto vídeo sobre a importância de escolher um denominador apropriado.

Até agora, consideramos a maneira de mensurar o volume de uso de antibióticos, mas isso pode ser apenas parte da história. É sempre útil revisar os dados do DDD bruto para obter uma indicação de que ele está mudando com o tempo.

Alterações no censo dos pacientes no hospital podem explicar algumas das diferenças observadas. Um denominador será necessário para permitir que a mensuração do uso ao longo do tempo e entre os hospitais se tornem significativos. Normalizar o uso de antibióticos e apresentá-lo como uma taxa ajudará a explicar as flutuações na atividade hospitalar, como o número de pacientes no hospital e o tempo de permanência.

Então, quais são as opções?

Um dos denominadores mais usados ​​nos programas de stewardship hospitalares é o número de dias de pacientes ou dias de leitos ocupados. Isso requer informações sobre a utilização dos leitos.

A orientação histórica sobre o Stewardship de Antimicrobianos pela Sociedade de Doenças Infecciosas da América e pela Sociedade de Epidemiologia da Saúde da América recomenda DDD / 1000 pacientes dia como uma métrica para programas de Stewardship de Antimicrobianos baseados em hospitais.

Ao considerar os denominadores, pergunte a si mesmo se você pode acessar esse tipo de dados de atividade hospitalar para seu próprio hospital.

Share this video:

This video is from the free online course:

Stewardship de Antimicrobianos: Gerenciamento da Resistência Antimicrobiana

University of Dundee