Skip main navigation

Hurry, only 2 days left to get one year of Unlimited learning for £249.99 £174.99. New subscribers only. T&Cs apply

Find out more

O que pode ser feito?

An article explaining what can be done to combat antimicrobial resistance.
What's next? by Crystal
© UoD e BSAC

A Sociedade de Doenças Infecciosas da América descreve o Stewardship de antimicrobianos como:

“Intervenções coordenadas destinadas a melhorar e medir o uso apropriado de antimicrobianos, promovendo a seleção do regime ideal de drogas antimicrobianas, a dose, a duração da terapia e a via de administração. Os administradores antimicrobianos procuram obter resultados clínicos ideais relacionados ao uso de antimicrobianos, minimizar a toxicidade e outros eventos adversos, reduzir os custos dos cuidados com a saúde para infecções e limitar a seleção de cepas resistentes aos antimicrobianos ”.

Embora qualquer pessoa que prescreva antibióticos tenha a responsabilidade de prescrever de acordo com os princípios de stewardship, os programas de stewardship nas organizações de saúde geralmente são dirigidos por uma equipe de stewardship multidisciplinar. A composição dessa equipe depende dos recursos locais. Os membros sugeridos incluem microbiologistas clínicos e/ou médicos infectologistas, farmacêuticos com expertise em antimicrobianos, enfermeiros de controle de infecções, epidemiologistas hospitalares e especialistas em sistemas de informação. O trabalho de uma equipe de stewardship divide-se em duas áreas principais, a vigilância da prática de prescrição e os resultados clínicos, e o planejamento e a implementação de intervenções voltadas para a prescrição racional de antibióticos.

A vigilância inclui processos de medição como uso de antibacterianos (várias medidas de quantidades e medidas de adesão às diretrizes de prescrição de antibióticos), impactos ecológicos (medidas de resistência a antibióticos e números de infecção por Clostridium difficile) e resultados clínicos (taxas de morbidade e mortalidade). As intervenções foram divididas em três categorias principais – estruturais, persuasivas e restritivas (Davey P et al., Cochrane database of sist- sis reviews 2013).

Uma atualização deste artigo de Davey et al está disponível em “Veja também” abaixo.

© UoD e BSAC
This article is from the free online

Stewardship de Antimicrobianos: Gerenciamento da Resistência Antimicrobiana

Created by
FutureLearn - Learning For Life

Reach your personal and professional goals

Unlock access to hundreds of expert online courses and degrees from top universities and educators to gain accredited qualifications and professional CV-building certificates.

Join over 18 million learners to launch, switch or build upon your career, all at your own pace, across a wide range of topic areas.

Start Learning now