Skip main navigation

A equipe final

An article describing The Ultimate Team for antimicrobial prescribing by Mr Mark Gilchrist and Dr Gavin Barlow
Visual of a complex shape
© UoD e BSAC

É importante ter profissionais de saúde com uma diversidade de experiências e habilidades, não necessariamente todos especialistas em infecção, na equipe de Stewardship de Antimicrobianos para trabalhar nas atividades de stewardship.

Se você tivesse que decidir quem é essencial (versus desejável) para ter em sua equipe, quem escolheria da lista a seguir?

  1. Cirurgião sênior
  2. Microbiologista ou infectologista
  3. Enfermeira-chefe / Enfermeira sênior
  4. Farmacêutico especialista em infecção ou antibioticoterapia
  5. Epidemiologista / estatístico / analista de dados

Embora abertos ao debate, os membros essenciais de uma equipe de stewardship de antimicrobianos devem incluir um microbiologista ou médico infectologista, além de um farmacêutico clínico com conhecimento em antibióticos e doenças infecciosas.

Membros adicionais ajudarão a equipe a funcionar de forma ideal e incluem:

  • Microbiologista ou infectologista (dependendo de qual especialidade está faltando na equipe principal e no recurso humano do hospital local)

  • Especialista em sistemas de informação

  • Profissional dedicado ao controle de infecção

  • Epidemiologista hospitalar

  • Enfermeira sênior

Dependendo da natureza dos problemas de Stewardship de Antimicrobianos onde você trabalha e de como a equipe planeja lidar com esses problemas com os recursos disponíveis, pode ser desejável que outros profissionais de saúde integrem a equipe, como um médico geral ou cirurgião, um médico júnior e um representante do paciente.

O programa deve funcionar sob os olhos de um programa de qualidade / governança clínica e / ou segurança do paciente estabelecido para colaborar com os comitês de prevenção e controle de infecção hospitalar e de farmácia / terapêutica.

Colaboração, consenso e envolvimento com administradores de hospitais, líderes de equipes médicas e provedores locais também são cruciais para o sucesso do stewardship de antimicrobianos. A falta de engajamento e as relações precárias entre a equipe de stewardship de antimicrobianos e os cirurgiões são sugeridas no vídeo de apresentação da Semana 1 e, provavelmente, contribuíram para a crise subsequente.

Na semana 5, a ciência, o papel e a importância da mudança de comportamento no stewardship de antimicrobianos serão considerados.

© UoD e BSAC
This article is from the free online

Stewardship de Antimicrobianos: Gerenciamento da Resistência Antimicrobiana

Created by
FutureLearn - Learning For Life

Our purpose is to transform access to education.

We offer a diverse selection of courses from leading universities and cultural institutions from around the world. These are delivered one step at a time, and are accessible on mobile, tablet and desktop, so you can fit learning around your life.

We believe learning should be an enjoyable, social experience, so our courses offer the opportunity to discuss what you’re learning with others as you go, helping you make fresh discoveries and form new ideas.
You can unlock new opportunities with unlimited access to hundreds of online short courses for a year by subscribing to our Unlimited package. Build your knowledge with top universities and organisations.

Learn more about how FutureLearn is transforming access to education